Escola Bíblica Dominical

Temos o prazer de apresentar o novo tema no site da ADBOMJESUS. 

Escola Bíblica Dominical 

Nosso prazer e intuito é levar até você o ensino da Palavra de Deus, de uma forma clara e objetiva, temos como objetivo fortalecer e alicerçar a Igreja de Cristo, nada mais é do que o nosso dever, cumprindo o ?IDE? do Mestre, ?...Fazei discípulos de todas as nações (Mateus 28:19)...?

Lição 2 - A natureza dos anjos - a beleza do mundo espiritual 13/01/2019

                           Prof. da Lição Pb. Adriano

Texto Áureo: Sl. 103.20/ Leitura Bíblica: Lc. 1.26-35


INTRODUÇÃO
A definição funcional dos anjos se encontra em Hb. 1.14, de acordo com o autor dessa Epístola, são espíritos ministradores a serviço daqueles que hão de herdar a salvação. Em geral, assumimos que existem poucas passagens bíblicas que nos permitam descrever com propriedade que são os anjos e sua atuação na obra de Deus. Por isso, na aula de hoje, estudaremos um caso específico, o do anúncio do nascimento de Jesus, em seguida, faremos uma incursão bíblica a respeito dos anjos.
ANÁLISE TEXTUAL
Lucas narra que no sexto mês, foi enviado um anjo ? angelos ? um mensageiro a uma cidade da Galileia, chamada Nazaré. Gabriel, o nome desse mensageiro, deveria se dirigir à Maria, uma virgem, uma donzela que havia sido desposada ou melhor, prometida em casamento a José, sendo este da casa de Davi. Ao entrar, o anjo o anjo saldou-a, dizendo: o Senhor é contigo; bendito és tu entre as mulheres. Maria ficou perturbada e agitada a respeito do que seria a saudação do anjo. Por isso, disse: não temas, porque achaste graça e foste agraciada. Isso porque no ventre dela iria conceber e dar a luz um filho, no qual poria o nome de Jesus que quer dizer Jeová Salva. E mais, esse será grande e chamado Filho do Altíssimo e o Senhor Deus lhe dará o trono de Davi, seu pai. Ele reinará e estabelecerá o Seu reino, o qual jamais terá fim. Maria ficou surpresa com a mensagem, e questiona: como se fará isso, visto que não tive relação sexual com homem algum. A maneiro como isso se daria é explicada pelo anjo: descerá sobre ti o Espírito Santo, virtude e poder do Altíssimo para realizar milagres ? te cobrirá com a Sua sombra; bem como o próprio Santo que há de ti nascer ? será chamado Filho de Deus ? huios theós
APLICAÇÃO TEXTUAL
Os anjos ? malak em hebraico e angelos em grego ? são criaturas espirituais, que podem ou não se tornarem visíveis aos seres humanos ? e que se encontram em grandes multidões nos céus (Hb. 12.22; Ap. 5.11), sendo criaturas divinas e dependentes do Senhor. Eles atuam em diversas esferas, tanto no céu quanto na terra, principalmente no louvor a Deus (Sl. 148.2; Ap. 7.11,12). Durante o ministério de Jesus, os anjos atuaram, quando Gabriel anunciou a Zacarias o nascimento de João Batista (Lc. 1.18, 19), e seis meses depois, o nascimento de Jesus a Maria (Lc. 1.26-31). Os anjos também assistiram a Jesus durante seu ministério terreno, especialmente na tentação do deserto na agonia do Getsêmani e em sua ressurreição e ascensão ao céu (Mc. 1.13; Oc. 22.43; Mt. 28.2-6; At. 1.10). Existem hostes angelicais, e pelo que inferimos de algumas passagens bíblicas, uma hierarquia angelical (Ef. 1.20,21), dentre essa os serafins, querubins e arcanjos (Is. 6.2; I Sm. 4.4). Em Jd. 9, encontramos o nome de um arcanjo que é Miguel, e a esse respeito, é preciso ter cuidado para não apresentar nomenclaturas, e categorias angelicais que não encontram respaldo no texto bíblico. Além disso, há igrejas que adoram anjos, como faziam os gnósticos do Sec. I da Era Cristã, a fim de coibir a angelolatria Paulo escreveu a Epístola aos Colossenses (Cl. 2.18), o próprio anjo que apareceu a João em Patmos, renunciou qualquer tipo de adoração (Ap. 22.8).


CONCLUSÃO
Algumas igrejas evangélicas, pela falta de ensinamento bíblico, estão se deixando conduzir por idolatrias a anjos. Esse tipo de adoração não encontra respaldo no texto bíblico, não podemos esquecer a funcionalidade deles, e de deixar de dar glória Aquele que é o Único: Jesus Cristo. Igrejas cristocêntricas, fundamentadas na Palavra de Deus, não se deixam levar por modismos travestidos de espiritualidade, que na verdade não passam de vaidade da carne (Cl. 2.21-23).