Confiança em Deus

"Não te deixarei nem te desampararei."

 

 (Josué 1.5)

 

Introdução:

 

Josué foi um homem de fé. Ele e Calebe foram os únicos entre doze homens que, ao retornarem de espiar a terra de Canaã, afirmaram: "Nós temos condições de entrar nela, o Senhor é conosco". Enquanto os demais, temerosos, disseram: "Não temos condições".

 

1. Otimismo na conquista

 

a - Este otimismo fundamentado nas promessas de Deus sua fé e confiança fizeram de Josué o escolhido a sucessor do grande líder Moisés. Josué teve a nobre missão de conduzir o povo de Deus para dentro da terra de Canaã.

 

 2. Dentro do propósito de Deus temos cobertura completa

 

a - Diante desta grande responsabilidade, Deus se dirige a Josué e anima-o: "Não te deixarei nem te desampararei. Sê forte e corajoso".

 

3. A confiança atrai as bênçãos de Deus

 

a - Josué confiou nas promessas de Deus. Deus o abençoou.

b - Muitas vezes procura-se andar sozinho e confiante nas próprias condições e capacidades, não reconhecendo uma total dependência de Deus, e nem permitindo que Deus seja Deus em nossas vidas. É uma falsa segurança.

 

4. A confiança de Josué em Deus. Um exemplo para nós

 

a - A exemplo de Josué, Deus não desampara seus filhos. Também você e eu precisamos confiar nas promessas de Deus.

b - Precisamos e devemos entregar as nossas vidas e o nosso futuro nas mãos misericordiosas de nosso Deus.

 - Com Ele podemos ter paz, perdão e segurança, até mesmo em meio a sofrimentos, desânimos, desgraças e morte.

c - Se pensarmos e crermos assim como Josué, Deus sempre estará conosco e nos abençoará.

 

Conclusão: 

 

Não há algo melhor do que ter coragem e confiança nos momentos de grandes decisões da nossa vida. Sabemos que isto é sem dúvida nenhuma providência do Senhor, pois é promessa dele, não desamparar os seus filhos.